Sabemos como é difícil para os pais nesse primeiro momento se separarem de seu bebê, deixando-o em um lugar diferente de seu ambiente familiar e com pessoas que em um primeiro momento são estranhas ao bebê e a toda família. Por isso nosso berçário possui câmeras, acesso livre e constante aos pais, o que permite um contato maior dos pais com os bebês e as professoras.

Para atender nossos pequenos marinheiros com qualidade, oferecemos um ambiente seguro e capaz de garantir o desenvolvimento harmônico das potencialidades do bebê, o cognitivo, o afetivo, o motor e o social. Nosso trabalho consiste em princípios de seriedade, competência e dedicação.

É no maternal I que nossos pequenos começam a descobrir o mundo, começam a falar, criam amizades, se posicionam pelas suas preferências, ganham autonomia, têm vontades próprias.

É a fase do eu quero, eu não quero, pronunciadas assim mesmo, em sequência. Em poucos segundos o quero, vira não quero, e logo vira quero de novo. As crianças nessa idade em geral não sabem o que querem. Aliás, sabem, sim: querem chamar a atenção, querem existir para os adultos e para elas mesmas. Nessa fase, percebem os seus próprios desejos com toda a intensidade e os colocam para fora, mesmo que aparentemente nem saibam direito quais são. Uma coisa elas sabem: que seus gritos e escândalos têm um efeito devastador sobre todos ao seu redor.

A turminha do maternal II é uma transição, deixaram de ser bebê para se tornarem crianças.

É uma idade muito especial. Aos 3 anos, a criança poderá formar um pouco da sua identidade, isso porque, é uma fase na qual ela aceita a diversidade e começa a viver – e aceitar – a convivência numa sociedade multicultural. É nessa idade que devemos tomar cuidado com o que as crianças assistem na TV já que ela absorve muito dos estereótipos de cultura que são transmitidos pelos programas e anúncios.

É importante aproveitar o momento para explicar sobre as diferenças, as preferências, pois já são capazes de entender argumentações e de conviver e brincar com outras crianças, nessa idade ela é mais autônoma, mas também mais sociável.

Chega a fase da afirmação, uma criança de 4 anos está na idade de sair dos limites, seja pelo físico ou pelo intelectual, isto é, seja através de ações e questionamentos.

Sua coordenação motora está mais aperfeiçoada e é muito comum serem mais tagarelas e mandonas nessa idade, e com muita, mas muita energia mesmo. Conseguem ao mesmo tempo fazer coisas simultâneas e sua imaginação está em constante movimento.

É com 5 anos que todo o desenvolvimento neuropsicomotor se completa e a criança consegue ter uma concentração maior e já sabe distinguir o imaginário do real. Gostam de imitar os que estão ao seu redor e devemos tomar muito cuidado com nossas atitudes e gestos. É uma criança autônoma.

Até os 5 anos, a criança compreende cerca de 9 mil palavras e já está entrando na fase de alfabetização. Tem confiança nela mesma e se separa da mãe com mais facilidade, especialmente quando é para brincar na casa de um amiguinho ou dormir na casa da vovó. Isso acontece porque se sente segura mesmo estando longe dos pais, pois entende as situações e tem noção de tempo e espaço.

Notícias

15 de agosto de 2016
14657495_1252966591443528_3564395474085226093_n

Economia vem de berço!

Desde cedo podemos e devemos ensinar os nossos pequenos a lidar com o dinheiro, e economizar e valorizar o que compram e ganham. Abre o link […]
15 de agosto de 2016
14724479_1252969248109929_6406075182398771585_n

Crianças Tranquilas nas Viagens

Prontos para aproveitar o calor e viajar com toda a família? Vem conferir 14 dicas incríveis para entreter nossos pequenos durantes as viagens de carro, avião,trem… […]
15 de agosto de 2016
14708117_1247613081978879_9041746244796794182_n

Crianças na Moto

Para as crianças o passeio de moto é pura diversão, mas para garantir que seja realmente só alegria, confira as dicas de segurança: A criança deve […]

Importância da Eduação Infantil

A educação infantil é a base do desenvolvimento de toda a vida adulta, por isso, nossa escola trabalha constantemente para que nosso currículo esteja sempre atualizado, nossas instalações sempre limpas e apropriadas e nossas professoras bem preparadas para atender nossos pequenos marinheiros.

História

Em meados de 1976, Mariângela e Maria Luiza começaram a trabalhar no Colégio Lins Vasconcelos e logo travaram uma bela amizade.

Maria Luiza com um temperamento mais reservado, apesar de ter feito magistério, nunca havia pensado em abrir um Jardim de Infância. Porém, Mariângela, sempre alegre e extrovertida, o tinha como objetivo de vida.

Foi assim que depois, de uma carga de 6 anos de trabalho e com muita experiência relacionada à educação é que as ideias, já fixadas, foram colocadas em funcionamento.

Conheça toda a história

Aulas Especiais

As aulas especiais do Centro de Educação Infantil estão divididas em curriculares e extracurriculares.

Curriculares

As aulas curriculares são inclusas a partir do Maternal I e vão até o Pré II.

Música
Educação Física
Arte

Extracurriculares

Dança
Capoeira
Sobre as Aulas

Proposta Pedagógica

A metodologia de ensino adotada pelo CENTRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL NAVIOZINHO está baseada na proposta sócio construtivista, cujo objetivo é levar a criança a construir o seu próprio conhecimento através da exploração do seu corpo, dos objetos, do espaço onde está inserida e das relações com o outro.

Desta forma, ampliando sua capacidade de descoberta e construção de conhecimentos, as crianças vão penetrando de modo consciente na dinâmica da vida e se constituindo, como sujeitos históricos, críticos e participativos.

Conheça a Proposta

Nutrição

Em nossa escola a alimentação é tratada com muita seriedade, mas também de uma forma muito divertida! Sabemos que uma alimentação saudável e balanceada nos proporciona uma qualidade de vida livre de doenças como:

diabetes, doenças cardíacas, deficiências imunológicas, obesidade, entre outras. Daí a importância de incentivar o hábito nas crianças de ingerir alimentos como frutas, verduras e legumes, assim elas crescerão sadias.

Nutrição na Naviozinho